6 passos para um blog de sucesso na campanha eleitoral

  13/Mai

No post de hoje, vamos falar sobre a gestão de conteúdo eleitoral no blog do candidato. Por ser um canal mais informal e opinativo, permite a liberdade de formatos e pode ser usado pelo candidato mesmo antes do período oficial de campanha. Isso porque em 2016 e nova Lei Eleitoral prevê a pré-candidatura: o futuro candidato pode divulgar sua figura, sua história e suas opiniões sem configurar campanha antecipada, desde que não haja pedido expresso de voto (saiba mais sobre a nova legislação nesse post aqui). Essa estratégia é especialmente importante, já que na nova lei, o tempo de campanha eleitoral foi reduzido pela metade – de 90 para 45 dias.

Vamos às dicas de boas práticas para conseguir sucesso com o seu blog eleitoral.

6 passos para um blog de sucesso na campanha eleitoral
6 passos para um blog de sucesso na campanha eleitoral

1) Defina objetivos macro e micro

Com base nas diretrizes da sua campanha, defina os objetivos que deseja alcançar com o seu blog. Isso é importante para nortear as decisões de produção de conteúdo na redação e montagem do calendário. Atrele aos objetivos, suas metas. Elas podem ser relacionadas ao número de acessos, comentários nos posts, likes, compartilhamentos, abertura de e-mail, etc.

Vamos dar um exemplo: você tem na sua campanha o objetivo de conquistar o público jovem usando os canais digitais. Portanto, trace como objetivo da produção de conteúdo no blog atrair leitores de 16 a 25 anos. Para atingir esse objetivo, suas decisões de produção serão fundamentais: você escolherá temas relacionados à vida estudantil, lazer, cultura e transporte na cidade. Os formatos para atingir esse público precisam ser rápidos e dinâmicos, como vídeos e infográficos. Para tornar esse objetivo gerenciável, subdivida-o em micro objetivos e metas, setorizado o público (pré-universitários, universitários e jovens recém-formados) ou os assuntos (acesso à educação, transporte escolar, investimento em cultura, etc).

2) Monte sua persona

Depois de traçar objetivos e metas, monte a persona dos seus eleitores. Ela funciona como um perfil padrão de leitor que norteia a produção de conteúdo. Como os candidatos usarão o blog para falar com diversos setores da população, será necessário identificar várias personas. Às vezes, um mesmo tema deverá ser abordado de formas diferentes para atingir personas distintas dentro do universo de eleitores. Elas estão diretamente ligadas ao passo anterior: trace apenas aquelas que são estratégicas para o cumprimento dos objetivos da sua campanha.

Veja como identificar e montar as personas dentro do seu eleitorado.

3) Calendário de Postagens

Esse é o passo que torna a produção de conteúdo gerenciável. A montagem de um calendário de conteúdo é fundamental para:

  • determinar o volume de produção necessário e se ele se adéqua ao tamanho da sua equipe;
  • determinar prazos e responsabilidades;
  • visualizar a divisão de esforços por temas e formatos;
  • determinar a periodicidade de postagem no blog.

Quando for montar o seu calendário, preocupe-se com a variação de assuntos e formatos. Por exemplo, você pode investir em vídeos de opinião do candidato, guestposts (posts de convidados) com autoridades e influenciadores, produção de infográficos, podcasts, entrevistas, etc.
Confira as opções de formato que podem ser trabalhados no seu blog nesse post aqui.

4) Ranqueamento nas buscas

Outro ponto que deve ser levado em consideração, pois gera muito retorno em visitas é o bom ranqueamento nas pesquisas de buscadores como Google, Yahoo e outros. Para aparecer nas pesquisas, em primeiro lugar, o conteúdo precisa ser relevante. Leve em consideração as necessidades e o comportamento da persona, a riqueza das informações oferecidas no post e inovação no formato – é preciso se diferenciar das matérias que já estão bem posicionadas nos buscadores.

Em segundo lugar, existem algumas regras de boas práticas (SEO) que devem ser seguidas, como produção do título, descrição da matéria e palavras-chave usadas no texto do post. Para identificar essas palavras-chave tenha como base os temas principais que deseja abordar na sua campanha (saúde, educação, etc) e utilize ferramentas como o Google Trends e o Keywords Planner para entender como e quanto o usuário tem buscado por assuntos desse tipo. Dessa forma, será mais fácil produzir títulos e textos alinhados com a expectativa do leitor.

Veja mais sobre ranqueamento no Google nesse post.

5) Distribuição e Compartilhamento

Esse passo será o pulo do gato na sua campanha, uma vez que a viralização do conteúdo nas redes sociais anda lado a lado com a formação de opinião do eleitorado. Por esse motivo o seu blog precisa ter todos os botões de compartilhamento nas redes sociais em cada um dos posts e espaços para comentários associados ao Facebook.

Além disso, distribua os posts pelas redes sociais, seja de forma institucional (na página do candidato) ou através de uma rede de influenciadores e eleitores partidários ao candidato, que se encarregarão de espalhar as informações em grupos e nas suas timelines.

6) Analise sempre!

Um trabalho pautado em metas precisa de métricas. Afinal, se não há análise, como saber se nossos objetivos serão alcançados? Por isso, acompanhe a todo o momento os indicadores atrelados às suas metas (visitas, compartilhamentos, comentários, etc.). Se eles estiverem defasados, reveja o quanto antes a sua estratégia de produção e tente novas abordagens. A internet e as campanhas eleitorais exigem trabalho rápido e flexibilidade para controlar crises e bater as metas. Além disso, o cenário sempre pode mudar, principalmente no período oficial de campanha. Com o monitoramento, as equipes conseguem se preparas para responder rapidamente à virada da maré.

Imagem

Essas foram as nossas dicas para um blog de sucesso na sua campanha eleitoral. Continue navegando no On Marketing e veja outros conteúdos interessantes e fundamentais para a sua campanha na web.