Minha estratégia de Marketing Digital está dando certo?

  26/Out

Ideias novas surgem o tempo todo nas estratégias de marketing digital, mas isso não quer dizer, necessariamente, que todas irão gerar bons resultados. Por mais que você busque sucesso baseado na sua experiência e em exemplos de outras empresas, isso não significa que existe uma fórmula pronta para fazer campanhas de marketing digital. O que existe, na verdade, é um trabalho que vai além da simples execução: é o planejamento e a análise dos resultados obtidos a partir das suas ações.

Afinal, você vende sua estratégia para toda a empresa afirmando que haverá retorno financeiro e, por se tratar de um processo construído a longo prazo, você deve provar que o seu trabalho está funcionando. Os resultados podem demorar a aparecer, mas, ao mensurá-los, fica mais fácil ter a noção se o certo é seguir no mesmo caminho ou mudar a rota, com a finalidade de melhorar a sua performance.

Para te ajudar a repensar sua estratégia de marketing digital e como ela tem refletido nos resultados da sua empresa, separamos algumas dicas importantes que vão te fazer enxergar como os dados podem trabalhar a seu favor.


Defina o objetivo da sua estratégia de marketing digital

Nenhuma estratégia estabelecida por uma empresa começa a ser executada no escuro. Antes de qualquer ação, é preciso um planejamento e uma visão muito clara de onde se deseja chegar. Dessa forma, você conseguirá mensurar seus resultados adequadamente e tomar as atitudes necessárias caso eles estejam distantes do que foi planejado.

Ao ter tudo definido, é o momento de determinar como esses resultados serão verificados. É exatamente para isso que existem ferramentas específicas com sistemas de mensuração (métricas) que vão medir o desempenho da sua estratégia de marketing digital. Então, escolha a ferramenta de web analytics que você achar ideal para a sua análise e comece a observar os dados que cada uma das métricas irá fornecer.

Imagem do Google Analytics, ferramenta mais conhecida e utilizada para a análise de métricas.
Imagem do Google Analytics, ferramenta mais conhecida e utilizada para a análise de métricas.

Acompanhe cada uma das métricas

Analisar o andamento da sua estratégia é um dos pontos mais importantes, pois é necessário controlar se aquilo que você executa está de acordo com o que foi planejado quando seus objetivos foram definidos. Cada dado recolhido ao longo da sua análise é essencial para saber se você está no caminho certo ou se precisa aprimorar algum ponto na sua estratégia de marketing digital. Portanto, não basta checar os números, tem que saber interpretá-los e usá-los a seu favor!

Por isso, trouxemos alguns exemplos de métricas - e seus significados - que são essenciais para os processos de atração de novos visitantes e conversão:


Número de visitantes no site: vamos começar pelo mais simples? O número de visitas pode ser um dado muito amplo, mas ajuda a descobrir quantas pessoas entram diariamente e quais são as páginas mais acessadas do seu site. Também é importante ficar de olho nos visitantes recorrentes, pois essa taxa vai mostrar que as pessoas estão gostando e voltando. Para saber quantas pessoas visitam a sua página e retornam a ela, basta conferir os dados disponibilizados pela sua ferramenta de análise.

Fontes de tráfego: agora você já sabe quantos visitantes recebe. Mas de onde eles vêm? Entender como as pessoas chegam até o seu site é essencial para a sua estratégia de marketing, principalmente para que você saiba onde deve melhorar e no que deve investir. A sua análise mostrará quantos visitantes chegam por meio de ferramentas de busca, tráfego direto, mídias sociais, referências ou links pagos. A partir dessas informações, cabe a você estudar se o planejamento está sendo seguido e até que ponto sua estratégia está sendo efetiva.

Tempo gasto no site: com essa métrica, você sabe o tempo gasto em média por cada pessoa que entra em seu site. Ao estar ciente desses números, fica mais fácil entender se o seu site ou blog possui um conteúdo envolvente e, caso não, atitudes devem ser tomadas para mudar esse cenário.

Taxa de rejeição: também conhecida como bounce rate, essa métrica está ligada à quantidade de pessoas que saíram do seu site rapidamente, sem visitar outras páginas ou materiais. A taxa de rejeição é extremamente importante e seus dados podem cooperar para que você consiga sanar problemas que estejam afastando os visitantes, como uma navegação ruim.

Taxa de conversão: essa é uma das métricas mais importantes a se observar, porque é a partir das conversões que você irá adquirir clientes no futuro. Caso o número de conversões seja baixo, você deve ter atenção e buscar soluções para o que está afastando os visitantes do seu site. É interessante também avaliar o desempenho da sua estratégia em cada etapa do funil de vendas, registrando a quantidade de pessoas que passam de uma parte para a outra dentro do funil.

Taxa de cliques (CTR): também conhecida como Click-through rate, a taxa de cliques é essencial para mensurar o desempenho das suas campanhas de email marketing e anúncios pagos. No primeiro caso, é o CTR que irá mostrar a relação entre a quantidade de pessoas que abriram os emails e aquelas que clicaram no link contido nele - número que ajudará a definir se o material está sendo bem recebido. Já em relação aos anúncios, quanto maior a taxa de cliques, menor o custo por clique (CPC), o que significa que você tem um número maior de visitantes por um valor mais baixo.


Calcule se seus investimentos no marketing digital valeram a pena

Isso mesmo, você não leu errado: o sucesso da sua estratégia de Marketing Digital pode (e deve) ser calculado. Afinal, você precisa saber exatamente para onde seu investimento está indo, certo? Então trouxemos aqui mais duas métricas extremamente importantes para mostrar como as suas campanhas refletem nos objetivos principais da sua empresa: as vendas e o lucro.


ROI: o Retorno Sobre Investimento é uma das métricas mais importantes para entender a relação entre o quanto você investiu e o quanto lucrou com a campanha realizada. A conta é muito simples:

Imagem

É preciso ter muita atenção neste ponto: o cálculo é baseado na margem de lucro sobre cada venda e não no ganho total obtido por meio das vendas. Aplicando em um exemplo, vamos supor que você gastou R$3.000,00 em uma campanha de marketing e teve um lucro de R$9.000,00.

ROI = 9.000 (lucro)- 3.000 (custo) / 3.000 (custo)

ROI = 6.000/3.000

ROI = 2

Nesse caso, você lucraria o dobro do que investiu ou, em porcentagem, teria 200% de lucro.

CAC: o Custo de Aquisição do Cliente existe com a função de descobrir o quanto a empresa investe para conquistar novos clientes. A fórmula para obter esse dado também é bem simples e consiste na soma do valor investido para a obtenção de novos clientes dividida pela quantidade de novos clientes:

Imagem

Agora deu para perceber que a sua estratégia de Marketing Digital vai muito além de ideias geniais, né? Suas campanhas só darão certo com um bom planejamento e uma execução com base em acompanhamento de dados. Ao levar em consideração os seus resultados e a forma como eles cooperam com o aprimoramento do seu trabalho, você abre portas para que a sua empresa tenha um desempenho sempre melhor. Isso é Marketing Digital de Performance.