Tudo que você precisa saber sobre Custo de Aquisição de Cliente – CAC

O CAC é uma das métricas mais importantes para negócios e mostra quanto cada cliente custou para ser adquirido — ou seja, quanto foi necessário investir financeiramente para conquistar um novo cliente. 

Esse custo envolve todo o trabalho da empresa ao longo do funil de vendas — passa pela atração de visitantes, pela geração de leads e vai até o fechamento.

Reduzir o Custo de Aquisição de Cliente (CAC) é uma das principais formas de garantir o sucesso de seu negócio. Entretanto, a maioria das estratégias de redução do CAC tem foco exclusivamente no Marketing digital.

Que tal pensar mais à frente e economizar também durante suas negociações? Neste post, explicaremos como reduzir seu CAC adaptando seu processo comercial. Aproveite!

Para fazer o cálculo, basta dividir os gastos com a equipe de marketing e vendas pelo número de novos clientes conquistados. Veja a imagem abaixo:

Exemplo:

Salário da equipe: R$ 100;

Comissões dos corretores: R$ 200;

Custo de mídia paga na divulgação do catálogo: R$ 100;

Então, temos que o CAC será de (R$ 100 + R$ 200 + R$ 100) / 2

CAC = R$ 400/2; CAC = R$ 200.

Qual é a importância do custo de aquisição de clientes?

Entender qual é o CAC do negócio já é algo básico. Porém, mais do que saber o quanto cada cliente custa para a empresa, essa métrica ajuda fortemente na tomada de decisão em relação aos seus desafios estratégicos.

Afinal, sabendo qual é o CAC será possível analisar se as ações para trazer novos clientes estão gerando um bom retorno financeiro — o que é algo extremamente importante para a saúde financeira da empresa.

Além disso, realizar avaliações sobre como andam as estratégias se torna algo mais fácil de fazer, bem como decidir se será preciso trabalhar em novas ações para reduzir os custos ou otimizar os investimentos na geração de novos clientes.

Como reduzir o custo de aquisição de clientes?

Agora que você já sabe melhor sobre o custo de aquisição de clientes, veja algumas dicas para que você possa reduzi-lo:

1. Invista no marketing de conteúdo

Quando um cliente em potencial decide comprar um imóvel, talvez ele queira saber um pouco mais sobre como funcionam os financiamentos antes de fazer uma escolha.

Então, a imobiliária que oferecer o melhor conteúdo para tirar as suas dúvidas relacionadas ao tema — e que estiver mais bem posicionada nas pesquisas — tem uma maior chance de receber o contato desse potencial comprador.

Isso é marketing de conteúdo: conquistar clientes por meio da disponibilização de materiais que solucionam os seus problemas. Não deixe de investir nisso, pois é uma ótima maneira de trazer clientes gastando quase nada — e, assim, de reduzir o CAC.

2. Não se esqueça do Marketing Digital

O consumidor está cada vez mais apostando em buscas em canais de comunicação antes de comprar um imóvel. Então, para que você se torne conhecido ali, é preciso trabalhar em ações que envolvam o marketing digital.

Por isso, é importante estar presente nas redes sociais, ter uma boa estratégia de SEO, de mídia paga e de e-mail marketing, dentre muitos outros pilares desse mundo. Quanto maior for sua reputação na internet, menor será o seu CAC.

3. Preze pelo relacionamento com os seus leads

Uma ótima maneira de reduzir o CAC é se aproximar dos leads, estreitando o relacionamento com eles. 

Você já deve saber que existem diversas etapas na jornada de compra e que muitos dos seus leads ainda estão nas etapas iniciais.

Então, é extremamente pertinente trabalhar na nutrição desses leads com conteúdos relevantes para que eles possam avançar cada vez mais rápido até chegar no momento da compra.

Utilizar o e-mail marketing combinado com o marketing de conteúdo pode ser uma estratégia matadora nessa questão, reduzindo efetivamente o custo de aquisição de clientes.

4. Faça um bom acompanhamento

Por fim, para entender se as suas ações estão dando certo, sugerimos que você faça um acompanhamento do CAC de forma periódica. 

É possível medir esse indicador de diversas maneiras, separando-o por estratégias e canais diferentes. 

Dessa forma será possível entender o que está dando certo e o que não está, facilitando a sua redução.

Por onde começar, afinal?

Elencamos a seguir as principais técnicas para aumentar a eficiência das suas estratégias e reduzir o CAC. 

Inclua no seu plano de ação os seguintes passos:

  • Aproximar Marketing, Pré-vendas e Vendas, compreendendo quais materiais podem ser compartilhados entre as diferentes fases da jornada de compra;
  • Usar lead scoring também durante a etapa de Pré-vendas, antecipando as objeções que poderão ser enfrentadas pelo vendedor;
  • Testar e metrificar ao máximo, mensurando desde o número de cliques em cada botão do site à eficácia das diferentes abordagens de vendas.

Ferramentas inteligentes, como o Imobi Sales, ajudam a colocar tudo isso em prática, além de monitorar todas as etapas do seu processo comercial para que você mantenha total controle sobre as operações.