Por que devo aplicar o UX Design no site da minha imobiliária?

 

Ilustração com a proposta de aplicar o UX Design no site da imobiliária.

Por Michelle Campelo, designer

Já falamos aqui, no blog, sobre os benefícios de aplicar UX Design no site da sua imobiliária. Abordamos o conceito, sua base e o funcionamento da técnica no mercado imobiliário. Hoje, aprofundaremos um pouco mais o assunto. Vamos mostrar que ele ajuda, e muito, os negócios a partir da apresentação de um bom site. Veja!

O que considerar antes de colocar a mão na massa?

Antes de mais nada, é importante destacarmos a importância de as imobiliárias estarem com o mindset voltado à inovação. Elas  precisam estar preparadas e querer encarar as mudanças que influenciam na tomada de decisão do consumidor.

A jornada do usuário começa, na maioria das vezes, quando o cliente entra no site da imobiliária. Ele está em busca de algo, seja a compra, seja a locação de um imóvel. Porém,  todos querem fazer isso de forma clara e objetiva. Muitas vezes, o lead se depara com diferentes anúncios fora de seu perfil, ficando perdido no meio de diversas informações. 

É justamente nessa etapa que o UX (User Experience) Design entra em ação. O objetivo é identificar as necessidades reais do usuário e aplicá-las ao projeto, visando à satisfação e uma boa experiência do internauta. Possíveis frustrações no momento da interação com o site têm que ser pensadas e evitadas. 

O internauta busca por sites com boa navegabilidade e que consigam resolver sua demanda de maneira rápida e objetiva. Uma boa aplicação das ferramentas de UX Design é determinante para a permanência do usuário no site. A sua página na web deve ser especialmente projetada de modo a facilitar a pesquisa, a navegação e conceder uma ótima experiência ao visitante. Sendo assim, há grandes chances de o lead fechar o negócio ao sentir confiança na empresa através do conforto proporcionado.

Segundo Nielsen Norman, pai da usabilidade e fundador dos princípios de UX Design da Apple, uma interface bem projetada é capaz de aumentar a taxa de conversão em até 83%. 

Como aplicar o UX Design no site da minha imobiliária?

O trabalho do UX Design passa por diversas etapas. Ele começa ao estabelecer soluções que podem ser, por exemplo, diminuir o caminho da página de produtos até o fechamento da compra do imovel

Em seguida, passamos para a fase de benchmark e pesquisas com os usuários. Isso acontece por meio de entrevistas, questionários, testes de usabilidade etc. As respostas orientarão qual é a melhor solução para o projeto na visão do usuário. A partir daí, iniciam-se as etapas de arquitetura da informação, criação e elaboração dos protótipos. Por fim, passamos para a fase mais importante dentro da área de UX Design: a validação do projeto com testes. No entanto, o trabalho nunca termina. A melhoria da experiência será contínua e progressiva. 

Estudos apontam que clientes que têm boa experiência antes do estágio de decisão, também têm mais chances de comprar. Superar as expectativas do lead aumenta o valor agregado do seu produto. Afinal, a navegabilidade satisfatória gera uma ótima sensação. Sendo assim, quando o UX é colocado em prática, as chances de o usuário voltar a utilizar a plataforma e estreitar a relação com a marca são bem maiores. 

Mas e agora, por onde eu devo começar?

As ferramentas de UX Design são pensadas e projetadas para o usuário, centradas diretamente no seu público. Portanto, seu site deve apresentar soluções a partir das dores dos seus clientes — aquelas identificadas na fase da pesquisa. 

Mão, ícones e celular ilustram a usabilidade de aplicar o UX Design no site da imobiliária.Ele vai trabalhar em função dessas melhorias, pensando o que nunca ninguém pensou para ajudar os seus usuários a terem experiências mais gratificantes. Quando a sua imobiliária apresenta um site que se preocupa com a boa navegabilidade, ele se torna mais dinâmico e interativo, com um design diferenciado. Você pode começar analisando se a página da sua imobiliária é responsiva, ou seja, é capaz de se adaptar aos diferentes tipos de dispositivos existentes (celulares, tablets, notebooks etc.).

Os sites que não são projetados para responder às diversas opções de resolução tendem a apresentar erros de navegação ou, simplesmente, oferecer experiências ruins ao visitante. Para as empresas, isso é bem negativo. Afinal, a situação pode espantar os clientes em vez de atraí-los.

Já os sites programados com design responsivo são adaptáveis a qualquer dispositivo, independentemente do tamanho da tela. A prática permite boas experiências em qualquer tipo de aparelho, desde o mobile até o desktop. O recurso faz com que o site não trave, suas páginas carreguem mais rápido, imagens e textos adaptem-se ao layout de forma que o usuário não perca nenhuma informação.

Como resultado, o visual fica mais intuitivo e permite uma navegação mais simples e eficiente em computadores, notebooks, tablets ou celulares de todos os tipos. Lembrando que ter um design responsivo é apenas o começo. Ainda temos muita coisa para percorrer nesta área que está em plena expansão e desenvolvimento a cada dia. Continue acompanhando nosso blog para descobrir.

O segredo de como aplicar o UX Design no site da sua imobiliária está em ouvir e entender seu lead para oferecer o que ele realmente deseja. Quer iniciar essa transformação? Entre em contato com a gente!

Capa de e-book o beabá do mercado imobiliário.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *